Justiça marca primeira audiência da esposa do João de Deus sobre posse

  • 09/03/2019
  • 0 Comentário(s)

Justiça marca primeira audiência da esposa do João de Deus sobre posse

Médium está preso suspeito de abusos sexuais e sempre negou os crimes. Juíza também pediu que testemunhas do caso sejam ouvidas por meio de cartas precatórias.

Por Vanessa Martins, G1 GO

09/03/2019 19h17 Atualizado há 9 minutos


Mulher de João de Deus, Ana Keyla Teixeira, quando prestou depoimento à Polícia Civil, em Goiânia — Foto: Eduardo Silva/ TV Anhanguera Mulher de João de Deus, Ana Keyla Teixeira, quando prestou depoimento à Polícia Civil, em Goiânia — Foto: Eduardo Silva/ TV Anhanguera

Mulher de João de Deus, Ana Keyla Teixeira, quando prestou depoimento à Polícia Civil, em Goiânia — Foto: Eduardo Silva/ TV Anhanguera

A juíza Rosângela Rodrigues, da comarca de Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal, agendou para o próximo dia 4 de abril a primeira audiência para ouvir a esposa de João de Deus, Ana Keila Teixeira. A mulher é investigada, junto com o marido, por posse ilegal de armas de fogo encontradas na residência do casal.

Advogado de Ana Keila, Ismar Estulano Garcia informou ao G1, por telefone, que a defesa ainda não foi intimada formalmente.

O médium João Teixeira de Farias, conhecido como João de Deus, está preso no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, desde o último dia 16 de dezembro. Ele é réu em processos por abuso sexual de mulheres que o procuravam para tratamento espiritual, mas sempre negou os crimes.

Foto de João de Deus no registro do sistema penitenciário, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera Foto de João de Deus no registro do sistema penitenciário, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Foto de João de Deus no registro do sistema penitenciário, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) informou que “apesar das mais de 200 testemunhas arroladas para serem inquiridas por carta precatória, existem efetivamente apenas 4 denúncias apontando 18 vítimas no total”.

Pedidos de habeas corpus

A defesa de João de Deus vem tentando a soltura dele ou a transferência para prisão domiciliar. O médium teve habeas corpus negado em caráter liminar no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na quinta-feira (7) estava sendo avaliado o mérito - que é quando o processo é julgado por um grupo de desembargadores - do habeas corpus do médium e do filho dele, Sandro Teixeira, preso no último dia 2 de fevereiro, mas a análise foi suspensa após pedido de vistas. O pedido da defesa é em relação à acusação de coação de testemunha.

Processos contra o médium

  • Ações na Justiça: João de Deus já virou réu três vezes por violação sexual e estupro de vulnerável. A mulher dele, Ana Keyla Teixeira, também foi denunciada no crime envolvendo os armamentos, e o filho, Sandro Teixeira, por intimidação das testemunhas;
  • Apuração no MP: O órgão segue colhendo e analisando novas denúncias de mulheres que se dizem vítimas do médium.
  • Investigação: Polícia Civil aguarda laudos para concluir a investigação sobre lavagem de dinheiro, devido aos mais de R$ 1,6 milhão e pedras preciosas aprendidos em imóveis do médium.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

PARADAO SERTANEJO

PARADÃO SERTANEJO

11:00 - 11:59

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. GUSTAVO LIMA

CEM MIL

top2
2. MAIARA E MARAISA

NÃO ABRO MÃO

top3
3. ZE NETO E CRISTIANO

ESTADO DECADENTE

top4
4. GUSTAVO LIMA PARTC. MC KEKEL

VINGANÇA

top5
5. GUSTAVO MIOTO

SOLTEIRO NÃO TRAI

Anunciantes